"Só com a leitura um povo pode se tornar forte em sua cultura." (Rodrigo Poeta)

domingo, 17 de fevereiro de 2013

1º lugar no VIIº CONCURSO POESIARTE 2013


*Nome: Edweine Loureiro.
*Poesia: Filho da Floresta.
*Cidade: Saitama - Japão.
*Pseudônimo: Aritana.
*Pontuação: 456 pontos.



-Veja a poesia, que ficou em 1º lugar no VIIº CONCURSO POESIARTE:



FILHO DA FLORESTA

Sou forte, sou altivo.
Nascido, por encanto,
no encontro das águas.
Curumim atroari,
que não teme nada:
seja a grande sucuri,
seja a onça-pintada…

Sou desbravador de igapós
e dos mistérios de Marajó.
E, para ter o muiraquitã,
matei o gigante Piaimã.

Não tenho medo de saci,
nem do feroz mapinguari…
E, de noite, à beira do lago,
afago o boto-encantado.

Só uma coisa me apavora:
É descobrir, em má hora,
que nada mais resta
de minha amada floresta.

(Pseudônimo : Aritana) 


*Comentário do jurado Fernando Aires de São Paulo/SP:


"Excelente intertextualidade com relação à obra Macunaíma, de Mario de Andrade. Bom ritmo e ótima conotação."


(Fernando Aires - jornalista)



*Comentário do jurado Emanuel Carvalho de Natal/RN:


"Adorei ler este belíssimo texto poético, transmite uma verdade e uma beleza ímpar, com uma fidelidade fantástica e uma intenção formidável."


(Emanuel Carvalho - escritor)

9 comentários:

geraldo trombin disse...

parabéns, amigão... merecido primeirão... ao FILHO DA FLROESTA!

Abraçao

Amélia Luz disse...

Parabéns poeta!!!
Ótimo poema. merecido o primeiro lugar, o seu muiraquitã, é claro.

maria da glória perez delgado sanches disse...

Delicioso poema, amigo! Parabéns pelo merecido prêmio! É encantador!

Jussára C Godinho disse...

Parabéns, amigo! Lindos versos! Primeirão merecidíssimo!

Jussára

edweinels disse...

Muito obrigado, a todos os queridos amigos: esta foi, sem dúvida, uma de minhas maiores felicidades nestes vinte anos de Amor com a Poesia – e com um poema que resgata minhas raízes. Quero agradecer à organização do VII Concurso Poesiarte, em especial a Rodrigo Poeta, aos jurados (obrigado, em especial, a vocês, Poetas Fernando e Emanuel, pelos lindos comentários). Agradeço muito a minha esposa, Nao Yamada (companheira de todos os dias), a meus pais, Edwal e Erotides (pela vida e pelo amor constante), em Manaus, e a todos vocês, meus amigos diários nesta estrada literária rumo a um sonho. Estou muito feliz, de fato. Obrigado a todos.
Saudações poéticas.
Edweine Loureiro

Gilson Faustino Maia disse...

Esse é o meu amigo Edweine Loureiro! Mais sucesso, amigo,que para sucesso sempre tem espaço. Abraços.

edweinels disse...

Muito obrigado, queridos amigos Geraldo, Gilson, Amelia, Maria da Gloria e Jussara, por esats lindas palavras e pelo apoio constante. Obrigado, queridos amigos, de coracao. Beijos e abracos do Japao.

André L. Soares disse...

Edweine, boa noite.

Parabéns, poeta. Não foi por acaso que venceu. Sua poesia é mesmo encantadora. E, além da beleza dos versos, possui uma bem construída crítica social.

Grande abraço, poeta-amigo!

edweinels disse...

Nobre amigo Andre, muito obrigado, Poeta, pelos comentarios que me deixaram tao feliz. Obrigado, realmente, por me apoiar nesta jornada. Abracos poeticos.
Edweine Loureiro