"Só com a leitura um povo pode se tornar forte em sua cultura." (Rodrigo Poeta)

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

6°lugar no III° Concurso POESIARTE




- 6°lugar no III° Concurso POESIARTE.
- Nome: Daniela da Silva Lopes Barbosa .
- Natural de Cabo Frio-RJ.
- Cidade em que representa: Cabo Frio-RJ.
- Atividades: Poeta e Membro Correspondente da Academia Cabista de Letras, Artes e Ciências de Arraial do Cabo-RJ.




- 6°lugar com poema:

Solidão

Loucuras usuais levam-me ao desespero
por não poder enlouquecer em crises autênticas.
Minha loucura é desnudar o cúmplice piano
sob o coro de nonas sinfonias beethoveanas.

Danço por entre as sombras de uma noite insaciável.
Entre frestas e cortinas, seu sêmen prateado a macular meu véu.
Seus olhos grandes de lua a musicar meu solo desafinado
arrebatam-me as teclas inquietas possuindo-me a clave em sol.

Em meu canto, retorcidas, as notas se agitam violentamente
num frenesi de cordas eróticas a excitar-lhe o mogno frio.
Rompendo o hímen de um casto silêncio em desejo latente
que geme surdo ao morrer em sede
de devorar minha vil carne escarlate.

Solidão...nas noites de abandono quase orgânico.
Derramo tacas de sinfonias alucinógenas
em delírios que macham minha alma de insanidades,
declarando imprudentes inverdades
à meia-lua, à meia-luz do teu olhar manso e distante.

Torturas que invadem minha estéril madrugada
disfarçando-se em ausência mórbida de um certo você
cantando em seda e prosa, versado em deleite e poesia,
descobrindo pianos, janelas, estrofes e lençóis.


*Daniela da Silva Lopes Barbosa - Cabo Frio-RJ.
*Pseudônimo: Luna.

Um comentário:

A vida é feita de escolhas disse...

Interessante...
Poesia numa metáfora.
Nas entrelinhas o desejo contado